btn_ouca

btn_ouca

Artistas da ASFORRÓ

Publicidade

Notícias

Tudo pronto para o Carnaval em Brasília - DF

 
 

Anunciada com mais de um mês de antecedência, folia no DF começa neste sábado

Foliões ansiosos e pandeiros aquecidos. Esse é o clima que a capital vive com a chegada do Carnaval. Os brasilienses e turistas poderão escolher entre os blocos de rua e os tradicionais desfiles das escolas de samba, na Passarela da Alegria.

O investimento na festa deste ano foi de 13,1 milhões de reais, sendo R$ 5,9 milhões para as agremiações, R$ 1,6 milhão para os blocos tradicionais, R$ 5 milhões para estruturas e R$ 650 mil para outras contratações artísticas.

"O Carnaval é, ao lado do futebol, a principal referência da cultura popular brasileira. Por isso é preciso investir nessa festa, profissionalizar e qualificar o Carnaval para que Brasília se iguale aos melhores carnavais do Brasil", afirmou o secretário de Cultura, Hamilton Pereira.

Passarela da Alegria

Pela segunda vez localizada no estacionamento do Nilson Nelson, a Passarela da Alegria vai receber seis escolas de samba do grupo especial e 10 do grupo de acesso, além de cinco blocos de enredo, sendo que dois não entram na competição.

A volta dos desfiles carnavalescos para o Eixo Monumental facilitou o acesso de grande parte das escolas de samba e também dos foliões. Ao todo, desfilarão mais de 10 mil componentes das escolas. A Passarela tem capacidade para 20 mil pessoas por dia.

Para garantir a festa, mais de 1,2 mil pessoas foram contratadas pelas escolas – costureiros, marceneiros, serralheiros, compositores, intérpretes, coreógrafos, entre outros.

Confira a programação aqui

Blocos de Rua

Além dos desfiles das escolas de samba na Passarela da Alegria, os brasilienses poderão curtir o Carnaval com os blocos no Gran Folia, Parque da Cidade, Taguatinga, Ceilândia e Rodoviária do Plano Piloto. Em 2013, a festa reuniu mais de 350 mil pessoas.

Dos dias 1º a 4 de março, na Esplanada dos Ministérios, ao lado da Biblioteca Nacional, os foliões poderão conferir o Gran Folia. A festa começa sempre às 16h e reúne os blocos tradicionais de Brasília.

Confira a programação aqui Contratações locais O Carnaval do Distrito Federal de 2014 contará com 60 bandas locais se apresentando em diferentes blocos de rua, no Gran Folia e nas administrações regionais.

As bandas, todas de ritmo carnavalesco, foram contratadas a partir do edital de credenciamento do GDF com cachês pré-estabelecidos e sistema de rodízio e receberão entre R$ 2 mil e R$ 15 mil.

Leia mais aqui

Apoio a blocos independentes

O Governo do Distrito Federal apoia este ano, além do Carnaval tradicional realizado pelo Executivo, outras 18 folias de Momo espalhadas pelo Distrito Federal. Ao todo, três administrações regionais e 15 blocos independentes que procuraram a Secretaria de Cultural já estão recebendo infraestrutura para realização das festas.

Esta é a primeira vez que o governo apoia folias que não fazem parte da estrutura tradicional do Carnaval do GDF. Os organizadores solicitaram e recebem apoio para banheiros químicos, palco, trios elétricos, som, gerador, entre outras coisas.

Leia mais aqui

Segurança

A esquema de segurança para esse Carnaval contará com mais de 5 mil policiais militares, mais de 1 mil bombeiros, 200 agentes do Detran e quase 200 agentes da Polícia Civil.

Em todos os dias de folia o local de maior policiamento será o Gran Folia, localizado no Complexo Cultural da República. A área terá 639 policiais militares e 39 viaturas, 161 bombeiros e 11 veículos, e 24 agentes do Detran com 14 carros de fiscalização em cada dia de shows.

Pelo planejamento do governo, a Baratona terá, diariamente, 372 policiais; a Passarela da Alegria receberá 202 militares; o Galinho contará com 173 homens; e o Pacotão e a Baratinha somarão 108 policiais militares.

Leia mais aqui

Transporte

Ônibus

Haverá reforço de ônibus na frota que faz o trajeto entre as cidades e o Plano Piloto, principalmente à noite. A TCB disponibilizará quatro ônibus que farão o trajeto Rodoviária/Passarela da Alegria a cada nove minutos. O sistema de transporte funcionará de 20h do sábado (9) até o fim das festividades, cerca de 4h da madrugada de quarta-feira.

Metrô

O metrô abrirá em horário especial. No dia 1° funcionará das 6h às 2h; no domingo (2), das 7h às 2h; e na segunda e terça-feira (3 e 4), das 6h às 2h. Depois da meia-noite, o embarque só será possível na Estação Central (Rodoviária do Plano Piloto).

A tarifa será de R$ 2 nos dias 1° e 2, e de R$ 3 nos dias 3, 4 e 5. Na Quarta-Feira de Cinzas (5), a operação será normalizada e o metrô volta a funcionar das 6h às 23h30.

Fonte: http://www.cultura.df.gov.br