btn_ouca

btn_ouca

Artistas da ASFORRÓ

Publicidade

Notícias

Banda Garota Safada e Luan Forró Estilizado cantam para 150 mil pessoas

 
 

 

Banda Garota Safada e Luan Forró Estilizado cantam para 150 mil pessoas

 

Luan Forró Estilizado, terceiro colocado no programa Super Star (TV Globo) dividiviu o palco com Wesley Safadão e sua Garota Safada na última noite do festival.

 

A oitava edição do maior São João fora de época do país chega ao seu último dia de programação e o palco principal reúne dois grandes nomes do forró nordestino. Depois dos veteranos expoentes da música popular brasileira que passaram pelo Forrobódromo, na noite deste domingo foi a vez de dois jovens representantes do gênero. Wesley Safadão e sua banda Garota Safada e Luan Forró Estilizado, terceiro colocado do programa Super Star (TV Globo) dividiram as atenções do público.

Trabalhar com música está no sangue dos dois. O vocalista da banda cearense canta desde pequeno e aprendeu no berço os primeiros acordes. Com Luan não foi diferente. Filho de Amazan, o rapaz canta desde os nove anos de idade e decidiu seguir os passos do pai na carreira profissional.

Até se apresentar no programa global, o rapaz conta que nunca havia se apresentado fora da região Nordeste. Ceilândia, no Distrito Federal, é a primeira cidade fora de sua terra natal em que ele e sua banda se apresentam.  “Dá um certo nervosismo e uma ansiedade tocar fora de casa, mas sabemos que nem é tão fora assim. Afinal, como nos contaram, Ceilândia tem uma imensa população nordestina”, lembrou o cantor.

Depois de Brasília, o artista segue para João Pessoa, capital da Paraíba, e já tem agenda até o início de setembro, com paradas em Manaus, São Paulo, Rio de Janeiro, entre outras cidades. “O número de shows cresceu bastante depois de participarmos do programa, mas pretendemos continuar com o mesmo propósito de repertório que é tocar um forró pé de serra, um forró regional estilizado, com batidas diferentes, mas sem jamais apelar nas letras que desrespeitem a imagem da mulher ou usar palavrões”, frisou ele.

Garota Safada

Já beirava 2h da manhã quando o cearense Wesley Safadão subiu ao palco para sua terceira apresentação n’O Maior São João do Cerrado e pelo segundo ano consecutivo para o encerramento da festa.

“Depois do ano passado, passamos a nos apresentar mais em Brasília e por todo o centro-oeste. Estamos trilhando um caminho muito bacana para fortificar nosso trabalho e poder vir muito mais por aqui e pelos estados próximos”, observa o vocalista e líder da banda.

O Safadão, como ficou conhecido à frente da Garota Safada, acredita que a visibilidade alcançada com as apresentações no festival ajudaram seu grupo e ele a alçarem voos maiores fora do Nordeste. “Estamos focados em levar nossa música para outras regiões do Brasil e todas as nossas energias estão nesse sentido agora e, graças a Deus, tem dado muito certo”, comemora ele.

Na arena de shows, a recepção da plateia só confirma as expectativas do cantor. Mais de 150 mil pessoas aguardavam a chegada do artista e cantaram e dançaram com ele madrugada a dentro.

E o retorno a Brasília tem data marcada. Em outubro, a banda Garota Safada volta para um show com cantores sertanejos.

Pelos 62 mil metros quadrados de estrutura do evento, passaram mais de meio milhão de pessoas nos cinco dias de música, cordel, embolada, xote, baião, repente e de comidas deliciosas. Foram cinco dias de um festival que pretende matar a saudade do povo nordestino e levar essa nação, como dizia Luiz Gonzaga, a uma viagem nostálgica de volta para casa.