btn_ouca

btn_ouca

Artistas da ASFORRÓ

Publicidade

Notícias

Carnaval de Brasília terá apoio do G.D.F. (Governo do Distrito Federal)

 
 

Subsecretário de Marketing da Secretaria Adjunta de Turismo, Sandro Cunha, e Guilherme Reis, secretário de Cultura

 

Cultura investirá R$ 780 mil em estrutura para os blocos de rua. 

 

Manifestação artístico-cultural de caráter popular e espontânea, o Carnaval de Brasília constrói sua identidade graças aos blocos de rua, tanto os tradicionais como os independentes. E para dar força a esse movimento, a Secretaria de Cultura irá investir R$ 780 mil de seu orçamento em estrutura para que o Carnaval aconteça com segurança e conforto. Essa verba será usada para apoio de mais de 30 blocos com banheiro químico, tendas, ambulância, brigadistas, seguranças, alambrado, gerador, som, palco, trio elétrico e carro de som.

Em coletiva para a imprensa realizada nesta terça (5), o secretário de Cultura, Guilherme Reis, considera que essa relação dos blocos carnavalescos com o Estado é muito saudável e precisa ser cada vez mais estreita para garantir um evento sustentável e pacífico. "A gente tem que valoriza essa consolidação de uma identidade própria com as características do Distrito Federal. E é isso que acontece quando apoiamos iniciativas espontâneas como a dos blocos de rua", diz.

Não é possível, contudo, diante da realidade financeira atual, repassar verba para a realização dos desfiles das escolas de samba. Trata-se de uma estrutura muito grande, que exige um investimento muito maior. A proposta da Cultura será de pensar já a partir março no Carnaval dos próximo anos. "Precisamos colaborar para a profissionalização da cadeia produtiva do Carnaval e para a viabilização de maior participação da iniciativa privada", argumenta o secretário de Cultura.

Para a realização do evento, a Secretaria de Cultura contará com todo o apoio da máquina administrativa, em especial o apoio da Secretaria Adjunta de Turismo e da Administração de Brasília, que estão envolvidas desde o fim do ano passado para garantir uma manifestação popular bonita, sem entraves técnicos ou burocráticos.

O subsecretário de Marketing da Secretaria Adjunta de Turismo, Sandro Cunha, lembra que no ano passado a festa de Momo no Distrito Federal reuniu mais de um milhão de foliões. "O Carnaval de Brasília se vende naturalmente e a cada ano tem levado mais gente às ruas. Acredito que em 2016 será mais forte ainda", prevê.

Fonte:http://www.cultura.df.gov.br